Dicas Financeiras

12 dicas de como comprar um capacete de moto ideal: confira!

/
3 0
como-comprar-um-capacete

O capacete é o principal item de segurança do motociclista, sendo responsável por preservar a cabeça e o rosto de quem anda de moto. O seu uso é obrigatório em todo o território nacional, para piloto e garupa, em qualquer tipo de motocicleta, conforme o art. 45 do Código de Trânsito Brasileiro. Desse modo, para oferecer a devida proteção, é fundamental saber como comprar um capacete de moto.

Somente assim é possível conciliar segurança  e conforto, além de ficar dentro das normas de trânsito. Quer ver como fazer a compra ideal? Então, veja os detalhes logo abaixo!

1. FIQUE ATENTO À QUALIDADE E RESISTÊNCIA

Como a principal função do capacete é proteger a cabeça e o rosto em caso de acidentes, é evidente que ele precisa ser resistente, confeccionado com materiais de qualidade. Dessa forma, você deve ficar atento ao material utilizado para fabricar o capacete que estiver comprando.

Além da resistência, a matéria-prima impacta o peso do capacete. Normalmente, são encontradas peças com o casco feito de plástico ABS, de fibra sintética, como vidro e carbono, ou pela combinação dos três elementos, o chamado tri composto.

O capacete de ABS é o mais em conta e fácil de encontrar. Oferece boa proteção para a cabeça, tanto que é aprovado nos testes de resistência. No entanto, ele é a opção que oferece menos segurança a fortes impactos. Além disso, esse material tem como característica o efeito mola, que é quando bate no chão repetidas vezes, como uma bola quicando.

Já os confeccionados em fibras sintéticas são mais caros e podem ser encontrados em fibras de vidro ou até mesmo de carbono, que são mais sofisticadas. Porém, oferecem um nível de proteção bem acima do oferecido nos capacetes em ABS. Além disso, são mais leves e confortáveis.

No meio termo existem os capacetes tri compostos. Eles são confeccionados utilizando o ABS, a fibra de vidro e a de carbono. Daí o nome tri composto. Esses capacetes oferecem absorção de impacto superior ao feito apenas em ABS, mas não custam tanto quanto os de fibra sintética. Portanto, fique atento nesses materiais quando for comprar um capacete.

2. VERIFIQUE O TAMANHO ADEQUADO

Após definir a matéria-prima, chegou a hora de saber como comprar um capacete de moto no tamanho certo. Isso é de fundamental importância para a segurança e conforto na condução. Um capacete frouxo pode se soltar da cabeça em um acidente, diminuindo a proteção. Por outro lado, o apertado incomoda muito, sendo extremamente desconfortável.

É muito simples saber qual o tamanho ideal para você, pois basta utilizar uma fita métrica para medir o diâmetro o de sua cabeça. Depois, passe a fita na altura da testa e parte superior das orelhas.

A medida em centímetros que encontrar é o tamanho do capacete que precisa. Se foi 95 cm, por exemplo, o número do seu capacete é o 59. Porém, é bom também experimentar um número acima e abaixo para ter certeza que escolherá o tamanho correto.

3. ESCOLHA O MODELO IDEAL

Depois do material e do tamanho, chegou a hora de definir o modelo que é mais interessante para você comprar um capacete. Para isso, é importante saber que existem 3 tipos diferentes: o fechado, o aberto e o escamoteável.

O fechado é aquele mais tradicional, utilizado por pilotos de corrida. Também é o que oferece maior proteção, pois envolve toda a cabeça e rosto, inclusive queixo e boca. Porém, algumas pessoas se sentem incomodadas com ele, principalmente em dias quentes.

Nesse caso, existem os capacetes abertos. Eles não possuem a estrutura que ficaria próxima ao queixo, sendo mais confortáveis e ventilados. No entanto, a proteção ao rosto é bem menor. Também é bom lembrar que esses capacetes são permitidos por lei, diferentemente dos chamados capacete coquinho, que são proibidos.

Há também o escamoteável, que une as características dos dois tipos anteriores. Ele possui a queixeira articulável, então, é possível utilizá-lo fechado ou aberto. Para isso, basta acionar um botão para movimentar a queixeira para cima.

4. FIQUE ATENTO À CINTA JUGULAR

O próximo item que quem sabe como comprar capacete de moto presta atenção é a cinta jugular. Ela é essencial para a eficiência do objeto, pois é responsável por mantê-lo preso à cabeça, inclusive ao se acidentar.

Nessa escolha, você terá duas opções: a cinta com fecho micrométrico ou a com anel duplo D. A primeira opção é mais prática para afivelar e desafivelar. No entanto, o anel duplo D é tido como mais seguro por não se soltar com facilidade. O detalhe é que ele é um pouco mais chato para afivelar, mas não é nada que não se acostume.

5. VEJA SE O CAPACETE FOI APROVADO EM TESTES

É importante conferir se o capacete escolhido foi aprovado em testes de proteção por dois motivos. O primeiro é óbvio: ter a certeza de que ele realmente protege em casos de acidentes. O segundo é a Resolução 453 de 2013 do Contran que determina a obrigatoriedade do condutor e do passageiro utilizarem capacetes certificados por organismo acreditado pelo Inmetro.

Essa resolução também cita os adesivos reflexivos que devem estar colados nas laterais e na traseira do capacete. Antes de comprar um capacete, verifique se o modelo que está comprando possui esses adesivos e o selo do Inmetro e jamais os remova.

6. FIQUE ATENTO AO PESO

Antes de comprar um capacete, muitos motociclistas esquecem de avaliar o seu peso. No entanto, esse é um item muito importante para garantir o conforto do piloto e do garupa.

Um capacete muito pesado pode causar cansaço muito rapidamente e gerar dores nos ombros e no pescoço. Por isso, vista o capacete e movimente a cabeça para saber se o peso dele é o ideal para você. Se isso for difícil por conta do peso, tente escolher outro.

7. AVALIE A VENTILAÇÃO

A ventilação também é essencial para o conforto do motociclista, seja ele o piloto ou o garupa. Ela também é importante para garantir a segurança da pilotagem em condições de clima adverso.

Um capacete bem ventilado diminui a transpiração e a sensação de calor do motociclista, também proporcionando um fluxo de ar renovado dentro dele. A ventilação também ajuda a dissipar o embaçamento da viseira em momentos de chuva ou muito frio, aumentando a segurança da pilotagem.

8. NOTE SE O CAPACETE COMPORTA O USO DE ÓCULOS

Você tem o mesmo capacete há muitos anos e gosta dele, porém vai ter que começar a usar óculos para pilotar. Essa é uma mudança que pode afetar o conforto e até mesmo a sua capacidade de usar esse capacete.

É preciso verificar se a peça comporta o uso de óculos. Não necessariamente um capacete maior terá espaço garantido para o motociclista utilizar seus óculos: existem objetos desenhados especialmente para esse tipo de uso, com cavidades laterais e um espaço maior entre a face e a viseira.

9. CONFIRA A VISEIRA

Outro item fundamental para a segurança de quem anda de moto e bastante cobrado pelas autoridades é a viseira do capacete. Portanto, tenha o cuidado de escolher um capacete que possua viseira feita em plástico grosso e com tratamento anti-risco, pois isso fará com que dure mais. Confira também se é possível substituí-la, caso venha a quebrar.

Outro cuidado com a viseira é quanto à proibição de instalar películas escuras sobre a sua superfície. Além disso, à noite, somente são permitidas viseiras transparentes.

Caso escolha um capacete sem viseira, a opção é usar óculos protetores específicos para motociclistas. Lembre-se que não é permitido utilizar óculos de sol ou de grau no lugar dos óculos protetores.

10. VERIFIQUE O FORRO

O forro também é outro item que costuma escapar do olhar de quem está comprando um capacete novo. Ele pode ser feito de diversos materiais, sendo acolchoado ou não, e ter diferentes formatos e perfurações.

Por isso, é importante verificar se o capacete que você está comprando vem com um forro que transmita conforto e tenha canais que ajudam na sua ventilação.

11. ANALISE O CUSTO-BENEFÍCIO

Além de avaliar cada detalhe na escolha do capacete ideal, também é preciso conferir a relação custo-benefício. Talvez um capacete que tenha as melhores características seja muito caro e não compense para o seu momento atual. Por outro lado, pode ser que aquele modelo mais em conta não seja o ideal.

O certo é colocar na balança o que é mais importante para você e analisar as opções que estão dentro da sua realidade financeira. No entanto, jamais abra mão da qualidade de proteção do capacete.

Economize o quanto puder, mas nunca ao ponto de que o barato se torne caro. Avalie o tempo de vida médio de cada capacete para decidir melhor o quanto pagar por ele. Um bom capacete pode durar até 5 vezes mais que um mais simples, então é preciso fazer as contas para entender o custo-benefício a longo prazo.

12. SAIBA A HORA CERTA DE TROCAR

Mais importante do que avaliar todos os itens acima é saber a hora certa de comprar um capacete novo. A maioria dos motociclistas brasileiros não sabem quando precisam fazer a mudança e deixam para realizá-la, na maioria das vezes, apenas quando o capacete quebra.

No entanto, o capacete deve ser trocado periodicamente. Verifique a recomendação do fabricante para a troca, pois um capacete muito antigo, além de desgastado, é capaz de ocasionar doenças respiratórias devido aos materiais utilizados dentro dele, que podem acumular fungos e mofo com o tempo.

Agora que você já sabe como comprar um capacete de moto, é importante frisar que é preciso cuidar da manutenção e higienização dele. Dessa maneira, a peça durará mais tempo e proporcionará mais conforto. Uma dica é optar por capacetes com forro e viseiras removíveis, que são mais fáceis de limpar. Além disso, evite usar um capacete com a viseira trincada ou riscada, já que distorce a imagem, prejudicando a visão.

Quer ter ainda mais segurança ao pilotar a sua motocicleta? Então, confira agora 8 dicas de segurança para andar de moto no trânsito!

Posts Relacionados
/

O capacete é o principal item de segurança do motociclista, sendo responsável por preservar a cabeça…

0 0
/

O capacete é o principal item de segurança do motociclista, sendo responsável por preservar a cabeça…

0 0
Leave a Reply

Your email address will not be published.