Dicas para o Motociclista

Biz e CG: descubra qual a moto ideal para seu perfil

/
24 0
moto-ideal

A satisfação absoluta é o maior objetivo para a Honda. Sendo assim, preparamos este artigo para discutir sobre a importância de escolher uma moto que atenda às suas expectativas. Para tanto, teremos como referência os dois maiores sucessos de venda no mercado nacional: Biz e CG!

Você conseguiria apontar qual desses modelos atenderia melhor as suas necessidades? Pois bem, foi para sanar esse tipo de curiosidade que montamos este conteúdo, em que destacamos todos os prós e contras dessas alternativas. Agora, acompanhe!

Biz e CG: as participações de mercado

Atualmente, tanto Biz quanto CG contam com famílias próprias dentro do lineup Honda, já que ambas alcançaram o extremo sucesso entre o público brasileiro. Como exemplo, lembramos da liderança absoluta dessas motos quando olhamos os números de emplacamentos acumulados em 2018. Veja só:

  • Honda CG 160, com 253.244 unidades vendidas, líder na categoria City;
  • Honda Biz, com 134.209 unidades vendidas, líder na categoria Scooter/Cub.

Caso queira conferir os resultados na íntegra, basta acessar o Guia da FENABRAVE Ed. 192. As informações listadas acima se encontram nas páginas 42 e 43. Agora, chega o momento para conhecer mais sobre cada uma dessas alternativas.

Honda Biz: versões, especificações e valores

A Biz já é uma velha conhecida do consumidor nacional, sendo introduzida em nosso mercado ainda em 1998. Para esse modelo, a Honda utilizou uma fórmula infalível, combinando design simpático, agilidade na condução e economia de combustível. Conheça suas versões!

Biz 110i

O modelo de acesso à família Biz também é uma das principais portas de entrada ao universo Honda, já que essa versão conta com o segundo menor preço entre as alternativas da fabricante japonesa. Seus destaques:

  • motorização com 110 cc, desempenhando 8,33 cv de potência e 0,89 kgfm de torque;
  • transmissão de 4 velocidades, semiautomática;
  • altura do assento em 75,3 cm;
  • monocombustível, gasolina;
  • 97 kg de peso.

Biz 125

Já aqui, temos a Biz topo de linha. Essa versão compartilha algumas funcionalidades com a “irmã” mais em conta, tais como a tomada de 12 v e o sistema de frenagem combinada CBS. Como diferenciais, a 125 oferece o painel digital com indicador de condução econômica e o freio dianteiro a disco. Seus detalhes:

  • motorização com 125 cc, desempenhando 9,20 cv e 1,04 kgfm;
  • transmissão de 4 velocidades, semiautomática;
  • altura do assento em 75,3 cm;
  • flexível, etanol e gasolina;
  • 100 kg.

Honda CG: versões, especificações e valores

A CG se tornou a predileta dos mais variados públicos, atendendo estudantes, profissionais, entusiastas e iniciantes. A razão para esse sucesso também está na expertise da Honda, que logo reconheceu a maior virtude desse modelo: sua diversidade. Por conta disso, a CG pode ser encontrada em quatro versões.

CG 160 Start

Como o nome sugere, a Start é a responsável pelo ponto de início na família CG. Esse modelo urbano tem destaques como o sistema de frenagem combinada e a suspensão dianteira telescópica, que consegue filtrar as irregularidades dos trajetos. Confira os seus destaques:

  • motorização com 160 cc, desempenhando 14,9 cv e 1,40 kgfm;
  • transmissão de 5 velocidades, manual;
  • monocombustível, gasolina;
  • altura do assento em 79 cm;
  • 116 kg.

CG 160 Fan

A Fan se diferencia da Start ao adicionar freio a disco na roda dianteira, adereços estéticos como rabeta e rodas esportivas e, por fim, um farol dianteiro com lâmpadas de 35 w, garantindo maior segurança nos deslocamentos noturnos. Suas características:

  • motorização com 60 cc, desempenhando 15,1 cv e 1,54 kgfm;
  • transmissão de 5 velocidades, manual;
  • altura do assento em 79 cm;
  • flexível, etanol e gasolina;
  • 116 kg.

CG 160 Cargo

A CG é projetada para o trabalho! Essa versão conserva os avanços mecânicos da Fan, mas troca adereços estéticos por acessórios funcionais, como o bagageiro cromado que suporta até 20 kg em carga. Para garantir a robustez no cotidiano, a Cargo ganhou uma suspensão dianteira reforçada. Seus detalhes:

  • motorização com 160 cc, desempenhando 15,1 cv e 1,54 kgfm;
  • transmissão de 5 velocidades, manual;
  • altura do assento em 79 cm;
  • flexível, etanol e gasolina;
  • 119 kg.

CG 160 Titan

A topo de linha! Não por coincidência, também é o modelo mais reverenciado, com ampla popularidade entre os entusiastas. Atualmente, a Titan entrega diferenciação estética, evidenciada pela carenagem e painel digital exclusivos. Suas características são:

  • motorização com 160 cc, desempenhando 15,1 cv e 1,54 kgfm;
  • transmissão de 5 velocidades, manual;
  • altura do assento em 79 cm;
  • flexível, etanol e gasolina;
  • 117 kg.

A decisão: os principais fatores para fazer a escolha certa

No fim das contas, o que realmente importa é a adequação do modelo ao piloto. Por isso, elencamos os melhores critérios para você orientar a sua escolha. Veja só!

Perfil de usuário

Você é estudante, profissional autônomo, novato ou experienciado? Seja como for, você precisa responder essa questão, e assim, filtrar os principais modelos voltados ao seu público. Como exemplo:

  • recém-habilitados: priorizar motos leves e de entrada, por apresentarem uma condução mais dócil e maleável, como a Biz 110i;
  • profissionais: cogitar modelos com maior cilindrada, garantindo agilidade no trânsito, como a CG 160 Cargo.

Custos

Como está o seu orçamento? Lembre-se que antes de comprar uma moto, será fundamental contar com um planejamento financeiro, identificando modelos que “caibam no seu bolso”. Veja as nossas recomendações para os orçamentos:

  • apertados: priorizar modelos de entrada e com baixíssimo consumo de combustível, como a Pop 110i.
  • tranquilos: favorecer modelos mais confortáveis e funcionais, como a automática PCX.

Estética

Aqui, temos o critério mais subjetivo de todos. Afinal de contas, apenas você conseguirá identificar o modelo com o qual tem maior afinidade. A Honda conta com modelos que remetem ao paraíso do design no motociclismo, como:

Percursos

Embora bastante ignorado, esse é um fator fundamental, sobretudo aos consumidores brasileiros. Infelizmente, o pavimento nacional não apresenta uma qualidade consistente em todas as cidades do país e, por conta disso, pode ser interessante considerar os modelos mais altos, como as trails:

E assim, encerramos outra jornada pelo universo Honda no mercado brasileiro. Como sempre, ressaltamos a importância de manter os pés no chão no momento da escolha. Nós entendemos a animosidade da compra, mas quanto mais consciente você estiver das suas necessidades, mais satisfeito estará com a sua aquisição.

E então, curtiu esse artigo comparando Biz e CG? Sendo assim, aproveite para mostrar esse post aos seus colegas, enriquecendo o debate sobre qual modelo você deveria escolher. Para tanto, compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais!

Leave a Reply

Your email address will not be published.