Dicas para o Motociclista

Melhores motos para o dia a dia: confira os 6 modelos mais indicados

/
34 0
melhores-motos-para-o-dia-a-dia-confira

 

Comprar um veículo não deve ser uma tarefa realizada de maneira aleatória. Afinal, o consumidor precisa estar atento às diferentes opções, analisando quais são as melhores motos para o dia a dia. Por isso, é fundamental que você entenda a finalidade que essa ferramenta terá no seu cotidiano, melhorando a sua decisão no momento da compra.

Com isso em mente, elaboramos este post com os principais perfis do consumidor brasileiro, atribuindo as melhores alternativas para cada uma das situações e atendendo a critérios como economia de combustível, motorização e afins. Acompanhe!

As 15 melhores motos para o dia a dia

As motocicletas são meios de transporte populares por sua eficiência e agilidade, razões que justificam o público cada dia maior. Uma terceira virtude das motos está na versatilidade, já que podem ser utilizadas para ir ao trabalho e até para o lazer. Por conta disso, reunimos nos próximos tópicos os principais perfis dos proprietários de motos no Brasil. Confira!

Para quem trabalha com entregas

Trabalhar com entregas é sinônimo de agilidade e capacidade de armazenamento. Sendo assim, as motos mais indicadas para esse perfil devem mesclar uma carenagem pequena, com soluções para o aumento da capacidade de carga. Também devem permitir a instalação fácil de acessórios como caixas, baús ou bolsas.

Além disso, por serem veículos destinados ao trabalho, é fundamental que tenham baixo consumo de combustível, reduzindo os custos operacionais do condutor e aumentando a rentabilidade. Veja alguns modelos para esse perfil!

1. Honda CG 160 Start

Toda linhagem de sucesso precisa de um produto de entrada. Normalmente, esse é o modelo que incorpora uma forte relação custo-benefício, entregando um pacote bastante prático e funcional.

Essa é justamente a descrição perfeita para a CG 160 Start, que oferece um desempenho elástico, econômico e perfeito para o cotidiano do motociclista profissional. As características:

  • motorização de 160 cc gerando 14,9 cv;
  • tanque de combustível com 14,6 litros.

2. Honda CG 160 Cargo

Aqui está uma alternativa mais potente e dedicada à finalidade profissional do transporte de cargas. Essa Cargo tem fôlego nas retomadas em função do motor mais forte e elástico.

Mantém as características funcionais da 160, mas adiciona uma pitada extra de competência, por conta da presença de um suporte de fábrica, facilitando a implementação de baús. Além disso, o modelo também vem com o aclamado sistema de freio CBS, responsável pela distribuição da força ao momento da frenagem. Os detalhes:

  • motorização de 160 cc gerando 15,1 cv;
  • tanque de combustível com 16,1 litros.

3. Honda NXR 160 Bros ESDD

Como tradição no lineup Honda, os modelos Bros costumam apresentar uma pegada mais fora de estrada, tanto em estética como em propósito. Por conta disso, talvez você esteja se perguntado: mas então, por que ela é uma boa pedida para o público profissional?

Bem, é aqui que você deve considerar as condições da pavimentação nacional. Em boa parte das cidades brasileiras, mesmo as avenidas mais movimentadas podem ter uma infraestrutura bastante precária, repleta de buracos e irregularidades. É por esse motivo que a NXR é uma excelente escolha para o consumidor.

Afinal de contas, o modelo conta com um curso de suspensão alongado, promovendo maior altura em relação ao solo. No cotidiano de trabalho, isso significa maior conforto para o piloto e redução do desgaste sobre a moto. As características do modelo:

  • motorização de 160 cc gerando 14,7 cv;
  • tanque de combustível com 12 litros.

Para quem transporta passageiros

Transportar passageiros pode ser tanto uma atribuição profissional quanto ocasional, a exemplo do serviço de um motoboy ou do favor de um caroneiro. Portanto, o foco aqui está na robustez e no desempenho da moto, garantindo que o trajeto seja ágil, seguro e confortável.

3. Honda NXR 160 Bros ESDD

Mais uma vez, a NXR Bros volta a figurar em nossa lista. Para entender o motivo do sucesso desse modelo no mercado brasileiro, vale a pena perceber as características que ele entrega para o consumidor, sendo um modelo robusto e com maior altura em relação ao solo.

Isto é, esse é o veículo perfeito para transitar em terrenos acidentados ou mal pavimentados. A NXR ainda conserva as características de seu segmento trail, apresentando peso reduzido, pneus com boa aderência e motorização ágil. Sendo assim, acaba conquistando motociclistas em todas as regiões do país, combinando funcionalidade, economia e conforto. Suas características:

  • motorização de 160 cc, gerando 14,7 cv;
  • tanque de combustível com 12 litros.

4. Honda CG 160 Titan

Em grande parte, essa moto é a responsável pelo sucesso da Honda no Brasil. A Titan é um modelo carismático e funcional. Ela ganha adereços estéticos que a aproximam de um público mais despojado. Mecanicamente, tem as mesmas especificações que a “irmã” profissional, a CG 160 Cargo. Seus detalhes:

  • motorização de 160 cc gerando 15,1 cv;
  • tanque de combustível com 16,1 litros.

5. Honda PCX

Estilo, comodidade e eficiência. Para muitos consumidores, esses são os três principais critérios na escolha por uma nova moto, sendo exatamente o que esse modelo entrega. O diferencial da PCX é reunir todas as conveniências e tecnologias de uma scooter e apresentar tudo em um pacote com alto custo-benefício.

Para o público que transporta passageiros, a PCX tem a excelente vantagem de ter uma das melhores posturas de condução em todo o segmento, facilitando o equilíbrio do profissional no deslocamento de seu cliente. Além disso, essa scooter ainda oferece a maior de todas as funcionalidades, o câmbio automático V-MATIC. As características:

  • motorização de 150 cc, gerando 13,2 cv;
  • tanque de combustível com 8 litros.

6. Honda CG 160 Fan

Assim como já destacamos na descrição de outras CGs, esse é uma linha que conquistou o mercado por sua funcionalidade. A família CG sempre foi um compromisso da Honda em entregar os veículos mais funcionais, com um preço extremamente racional — o que não seria diferente com a variante Fan.

Essa é uma boa pedida para os profissionais do transporte porque conta com boas soluções de engenharia e estética. A começar pela implementação dos freios CBS, que combinam e distribuem a intensidade de todas as frenagens entre as duas rodas, conferindo segurança ao piloto e seu passageiro. Os detalhes:

  • motorização de 160 cc, gerando 15,1 cv;
  • tanque de combustível com 16,1 litros.

Para ir ao trabalho ou faculdade

Economia acima de tudo! Essa é a prioridade fundamental para quem trabalha e estuda e precisa se deslocar de moto. Afinal, a maioria desses consumidores está no início de sua vida financeira e precisa lidar com custos reduzidos, tanto para a aquisição quanto para a manutenção da motocicleta.

7. Honda Pop 110i

Essa é a opção mais acessível do lineup Honda hoje. Trata-se de uma moto leve, ágil, flexível e muito econômica. A montadora japonesa acertou em cheio com essa alternativa urbana, já que propõe um motor bastante eficiente para deslocar a pequenina. Suas características:

  • motorização de 110 cc gerando 7,9 cv;
  • tanque de combustível com 4,2 litros.

8. Honda Biz 125

A Biz é uma moto muito familiar ao consumidor brasileiro. Desde sua primeira geração, já havia conquistado os corações e garagens de inúmeros motociclistas, em função do design simpático e altíssima economia de combustível.

Entre os modelos, a variante motorizada com 110cc costumava apresentar-se como a porta de entrada ao mundo Honda, hoje ocupado pela ainda mais acessível Pop 110i. Os detalhes:

  • motorização de 125 cc gerando 9,2 cv;
  • tanque de combustível com 5,1 litros

9. Honda Biz 110i

Como toda boa linha interna, a Biz também possui uma variante. Aqui, falamos do modelo 110i, que implementa uma motorização mais modesta e leve, ocasionando uma economia de combustível ainda maior.

Assim como a Pop 110i, esse é um modelo definitivo para os consumidores que buscam a economia extrema em todas as fases da propriedade: na compra, nos abastecimentos e na manutenção. As características:

  • motorização de 110 cc gerando 8,3 cv;
  • tanque de combustível com 5,1 litros.

10. Honda CB Twister

Mas não é porque você quer uma moto para ir ao trabalho ou faculdade que precisa abrir mão do estilo, não é mesmo? Foi com esse pretexto que a Honda projetou sua nova CB Twister, que agora representa a opção de entrada no segmento das nakeds — motos que dispensam boa parte da carenagem, expondo os componentes mecânicos e evocando a esportividade.

Para fazer honra à sua categoria, o modelo recebeu um incremento na motorização, que por esse motivo, exige pilotos um pouco mais experienciados, que estejam familiarizados com uma moto de performance mais arisca e esportiva. Os detalhes:

  • motorização de 250 cc gerando 22,6 cv;
  • tanque de combustível com 16,5 litros.

11. Honda XRE 190 ABS

E eis que chega o momento de retornar para as motos que gostam de uma aventura. A XRE 190 ABS é o segundo modelo na hierarquia das trails, posicionando-se acima da NXR Bros. Assim como sua “irmã menor”, esse modelo segue os parâmetros da modalidade: suspensão reforçada, altura elevada, pneus com sulcos mais profundos e uma atitude fora de estrada. As características:

  • motorização de 190 cc gerando 16,4 cv;
  • tanque de combustível com 13,5 litros.

12. Honda XRE 300

De degrau a degrau descobrimos os avanços dentro do lineup Honda. A XRE 300 se posiciona acima do modelo que acabamos de mencionar, compartilhando das mesmas qualidades estéticas e funcionais.

A grande diferença aqui está na motorização, que recebe um fôlego generoso para tornar o modelo ainda mais disposto a vencer terrenos acidentados, trechos de paralelepípedo, lama ou terra. Os principais detalhes:

  • motorização de 300 cc gerando 25,6 cv;
  • tanque de combustível com 13,8 litros.

13. Honda Elite

Com a sofisticação da PCX, a Honda percebeu uma necessidade cada vez maior de posicionar uma nova porta de entrada na sua linha de scooters, pois apesar do design sugestivo, a Biz não contava com todos os atributos necessários para ocupar essa categoria.

Foi nesse cenário que desenvolveram a Honda Elite, uma scooter legítima em todos os sentidos da modalidade, aliando câmbio automático, postura ereta, assoalho para os pés, segurança, estilo e soluções de comodidade. Para entregar tudo isso como um produto de entrada, a montadora japonesa apostou em uma motorização mais modesta. Veja:

  • motorização de 125 cc gerando 9,3 cv;
  • tanque de combustível com 6,4 litros.

Menções honrosas

Além de todos esses excelentes modelos, deve-se lembrar de que a moto não é só um instrumento de deslocamento ou trabalho. Muitas vezes os consumidores enxergam nas duas rodas uma oportunidade de transitar com maior liberdade e estilo. Por isso, selecionamos outros destaques da Honda. Confira!

14. Honda CB 650F

A própria montadora promove esse modelo sob o marketing “é sobrenatural”. A mensagem é bastante condizente com o modelo, que apresenta um estilo bastante agressivo e fora do comum. Além disso, a excentricidade da CB 650F também transborda em seu conjunto mecânico, dotado de uma motorização que estimula a condução esportiva. Os detalhes:

  • motorização de 650 cc gerando 88,5 cv;
  • tanque de combustível com 17,3 litros.

15. Honda CB 1000R

Já aqui, temos um modelo que faz jus à seção de menções honrosas. Afinal de contas, a CB 1000R também é batizada no mercado como o modelo que carrega o conceito Neo Sports Café, uma linha de design que mistura o nostálgico com o futurista, resultando em uma motocicleta digna de ser vista em filmes de ficção científica.

No geral, essa moto foi desenvolvida pensando nas melhores características possíveis. Design, segurança, performance, tecnologia e dirigibilidade: todos os departamentos que receberam enorme atenção, cuidado e carinho durante sua projeção, criando um modelo que tem tudo para entrar no ranking das motos mais marcantes da década. As características:

  • motorização de 1000 cc gerando 141,4 cv;
  • tanque de combustível com 16,1 litros.

De fato, a variedade de opções é um fator fundamental no atendimento com excelência aos consumidores, razão pela qual a montadora nipônica coleciona sucessos e lideranças no mercado nacional.

E você, já se sente mais preparado depois de conhecer as melhores motos para o dia a dia? Então, aproveite para entrar em contato conosco e marcar uma experiência na Honda dos seus sonhos! Basta acessar a nossa página de Agende um Test Ride!

Leave a Reply

Your email address will not be published.