Dicas para o Motociclista

O que fazer quando a moto não pega? Confira essas 7 dicas.

/
25 12
moto-nao-pega

Você está pronto para sair para trabalhar ou passear, monta na moto e tenta dar a partida, mas o motor não liga. Nessas horas, vem aquele pensamento: por que não fiz a revisão da moto? Isso porque, quando a manutenção está em dia, dificilmente isso acontece. Mas, se ainda assim acontecer, veja o que fazer quando a moto não pega.

Primeiro, você precisa entender que podem ser várias causas para a moto não pegar. Pode ser que o combustível não está chegando ao motor ou que não há carga na bateria suficiente para fazer a motor funcionar. Abaixo, você descobrirá os principais motivos que dificultam a partida e o que fazer. Preparado?

1. Verifique a bateria

A principal causa para o motor de uma motocicleta não pegar, principalmente as que têm partida elétrica, é a bateria. De maneira simplificada, o sistema funciona da seguinte maneira:

  • ao acionar o botão da partida, é liberada energia da bateria ao motor de arranque;
  • o motor de arranque gira. Como ele está acoplado ao motor da moto, este também começa a girar;
  • com a quantidade de giros suficiente para se movimentar sozinho, o motor deixa de precisar do motor de arranque.

O problema é quando não chega energia suficiente no motor de arranque para fazer o motor da moto girar. Nesse caso ele não pega.

Para saber se o problema é na bateria, é muito simples. Verifique se a buzina ou o farol estão mais fracos que o de costume. Se estiverem, é praticamente certo que sua moto está com a bateria fraca. No entanto, pode ser que apenas os contatos estejam sujos ou oxidados.

Dessa forma, antes de trocar a bateria faça um teste. Experiente limpar os contatos dela e tente dar a partida novamente. Se não conseguir, é melhor procurar a assistência autorizada.

2. Veja se tem combustível

Pode parecer muito óbvia essa dica, mas pode acontecer de você estar tentando dar a partida sem que a moto tenha combustível suficiente para isso. Talvez o marcador de combustível ou a boia dentro do tanque estejam com defeito e tenham lhe pregado essa peça.

Tente se lembrar de quando foi a última vez que abasteceu e o quanto rodou depois disso. Com essas informações, é possível saber se o tanque está vazio ou não. Mas, caso tenha dúvidas, experimente abrir o tanque e balançar um pouco a moto para ver se consegue escutar o combustível dentro do tanque.

Caso a sua moto seja mais antiga, do tipo carburada, ela deve ter uma torneira logo abaixo do tanque que aciona a reserva do tanque. Caso não esteja acionada, experimente abrir a torneira e tentar ligar novamente a moto.

3. Examine as mangueiras de combustível

Apesar de ter combustível suficiente no tanque, pode ser que ele não esteja chegando ao motor, fazendo com que a moto não pegue. Isso pode acontecer por entupimento da mangueira de combustível ou, até mesmo, o seu rompimento, o que causa o vazamento.

Saber se esse é o problema que está impedindo a sua moto de pegar é um pouco mais complicado, sendo necessário conhecimento mais técnico. É preciso localizar a mangueira e analisar se possui algum furo ou alguma sujeira impedindo a passagem.

Outro item que costuma impedir a chegada do combustível ao motor é o filtro muito sujo. Tente lembrar quando foi a última vez que trocou o filtro de combustível. Se fizer mais do que 6 mil quilômetros, passou da hora de providenciar a sua troca.

4. Veja se tem água na gasolina

Um grande problema enfrentado por pilotos de todo o país é a atitude criminosa de donos de postos adulterando os combustíveis. Isso faz um grande estrago no motor da motocicleta. Portanto, você deve procurar abastecer sempre em postos tradicionais e de qualidade reconhecida. Além disso, sempre desconfie de combustível barato demais. Na dúvida, você pode pedir um teste na hora ao frentista.

Porém, se aconteceu de abastecer com gasolina adulterada, é possível saber. Retire um pouco do combustível do tanque e coloque em um recipiente transparente. Agite-o um pouco e veja se formarão bolhas dentro do líquido. Se isso acontecer, provavelmente tem água na gasolina. Com etanol, não tem como fazer o teste, pois ele mistura facilmente à água. Se o problema for esse, será preciso retirar o combustível adulterado e colocar um de qualidade no lugar. E torcer para que não tenham ocorrido danos ao motor.

5. Examine o carburador

Caso a sua motocicleta ainda seja dos modelos carburados, é preciso dar uma conferida nele, caso a moto não pegue facilmente. Um carburador sujo pode impedir que o combustível ou o ar chegue à câmara de combustão. Para resolver esse problema, é preciso desmontar o carburador e limpá-lo adequadamente. Caso não se sinta seguro para fazer isso, é preciso levar a motocicleta ao mecânico.

6. Confira a vela

Tendo a certeza de que a moto tem combustível suficiente e de qualidade chegando ao motor, mas mesmo assim ela não pega, o problema pode estar na vela. Se ela não estiver liberando faísca adequada, o motor falha, tendendo a morrer. Se estiver muito ruim, ele nem pega mais.

Com o tempo de uso, é comum a vela se desgastar na região do eletrodo, que é onde é gerada a faísca. Para saber se o problema é esse, basta retirar a vela e analisar o seu estado. Se estiver desgastada, é só substituir por outra, respeitando as características recomendadas pelo fabricante. O ideal é verificar a vela a cada 6 mil km ou conforme o manual da sua moto.

7. Verifique o filtro de ar

Como você deve saber, para que haja queima de gasolina ou etanol, é preciso que tenha a presença de oxigênio. No entanto, no ar atmosférico também existem partículas de poeira que não podem entrar na câmara de combustão, sob o risco de danificar o motor. É por isso que existe o filtro de ar.

À medida que o filtro de ar retém as sujeiras do ar, seus microporos vão ficando entupidos. O resultado é a diminuição na passagem do fluxo de ar ao motor. Um filtro muito sujo pode acabar impedindo totalmente a passagem de ar, fazendo com que o motor não pegue.

Se acha que pode ser isso, experimente tirar o filtro e veja se está muito sujo. No entanto, não faça a limpeza, nem mesmo com jato de ar. Você pode acabar danificando o filtro, que deixará de impedir a entrada de impurezas. O certo é fazer a substituição. O ideal é trocar o filtro de ar a cada 18 mil km ou de acordo com o manual da motocicleta.

Pronto, agora você já sabe o que fazer quando a moto não pega. Uma dica final é ficar atento a alguma luz de falha acesa no painel. Se for o seu caso, procure a assistência autorizada para verificarem o defeito. Além disso, cuide sempre da manutenção preventiva da sua moto. Assim, você nunca fica na mão.

Quer contribuir dando a sua dica de quando a moto não pega ou contar uma experiência que já passou ao tentar ligar a sua motocicleta? Não deixe de comentar logo abaixo!

12 Comments
  • Francioney Ferreira Da cunha de Eirunepé-Am
    2 anos ago

    Quero realizar meu sonho de possuir uma moto dessa…CB

    • caio Cometa
      1 ano ago

      Olá, Fancioney. Por favor, preencha um pequeno formulário de cotação no site http://www.cometahondamotocenter.com.br. Um de nossos vendedores entrará em contato com você passando as melhores condições e ofertas.

  • Willian
    1 ano ago

    Hoje eu estava dando um passeio com minha moto pelo bairro e de repente ela afogou e não liga mais, dou partida na ignição e o motor de arranque faz a parte dele mas mesmo assim a moto tende a não pegar, o que pode ser?
    Valeu, obrigado.

    • 1 ano ago

      Bom dia Willian, tudo bem?
      Por gentileza, procure a concessionária mais próxima, para que o senhor pode agendar uma revisão e ver exatamente o que vem causando esse afogamento na moto. Caso o senhor queira marcar uma revisão em nossas concessionária, por gentileza, entre em contato através do telefone de whatsapp (65) 2122-1080.

  • Marcos
    1 ano ago

    Tenho uma fan150 2014, última vez que dei partida nela foi dia primeiro hoje dia 5 fui dar partida pra sair nela não pegou, tá saindo faísca na vela, a luz da injeção acende, faz barulho da bomba e da injeção porém a moto não pega. Coloquei cinco litros de gasolina, ela deve tá com seis litros, mais não pega.

    • 1 ano ago

      Bom dia Marcos, tudo bem?
      Por gentileza, recomendamos que o senhor procure uma concessionária para que possar fazer uma revisão em sua moto e ter certeza em que lugar da moto está causando esse problema. Caso o senhor queira pode estar agendando uma revisão em nossas concessionárias através do telefone de whatsapp (65) 2122-1080.

  • Carlos Antonio
    1 ano ago

    Ola, tenho uma cg 150 fan esdi 2014 e recentemente eu estava andando com ela e simplesmente o motor perdeu potencia e acabou desligando e estava praticamente com o tanque cheio tentei dar partida no motor e não pegou ,sendo que é partida elétrica mas bate e o motor não liga fiz um teste na bateria colocando em outra moto e a bateria funcionou sem problema,depois disso deixei ela ligada por um tempo de uns 30 min ai se desligou e tentei dar partida no motor e não ligou. Comprei em 2014 tem 19000 mil km rodados e agora em novembro de 2019 esta apresentando este problema poderiam me ajudar.

    • 1 ano ago

      Bom dia Carlos, tudo bem? Por gentileza, procure a concessionária mais próxima do senhor e marque uma revisão para verificar realmente qual o problema, pois pode ser que algo esteja “roubando” a bateria da moto. Caso o senhor deseje marcar uma revisão em nossas concessionárias, por gentileza, agende vossa revisão através do whatsapp (65) 2122-1080.

  • Paulo Duarte
    1 ano ago

    Tenho uma CB1000R, ano 2014, hoje fazendo um passeio, simplesmente a motor parou de funcionar no meio da RS239, na cidade de Parobé-RS, já no acostamento acionei o botão de partida, oque funcionou, mas não deu partida no motor, notei que o barulho da injeção não estava funcionando, será bomba de combustivel ou algum fusivel?

    • 1 ano ago

      Bom dia Paulo. Tudo bem? Recomendamos que o senhor agende uma revisão na concessionária mais próxima, afim de que tenha certeza do problema que vem ocorrendo. O senhor pode estar agendando em uma de nossas concessionárias através do telefone (65) 2122-1080.

  • Juliano
    1 ano ago

    Olá .tenho uma tiram 2011. Faz 3 meses troquei a bateria. Mas esses dias de problema no motor de partida tive que trocar as escovas mas depois de colocado na moto a bateria parecia fraca e tive que por carregar para poder pega será que foi por causa das escolinhas novas?

    • 1 ano ago

      Bom dia Juliano, tudo bem? Recomendo que o senhor procure uma de nossas concessionárias para fazer uma revisão, e ver se tem algo que está “roubando” a bateria. O senhor pode estar agendando através do whatsapp (65) 2122-1080.

Leave a Reply

Your email address will not be published.